23 outubro 2012

Day in town

(Fotos estão por vir)

No dia 05/10/2012 eu tinha programado de ir no Canal Walk com os intercambistas, mas acabou que nem íamos fazer mais nada nessa sexta-feira. Minha tia também tinha me convidado para ir jogar mini-golf e eu tinha aceitado.

Mas na manhã desse dia, Charlotte me ligou e convidou para fazermos alguma coisa. Decidimos os detalhes e decidimos que íamos para o centro da cidade de trem. Combinamos o horário para nos encontramos no trem (primeiro vagão - demorei alguns minutos para lembrar como escrever carriage em português - e primeira classe). Me arrumei e saí.

Comprei o ticket, esperei pelo trem e deu certinho de nos encontramos dentro do trem. Fomos conversando até a estação central, durante uns 35-40 minutos. Lá, meio perdidos, procuramos a rua do free market, uma feirinha cheia de coisas africanas.

Seguindo as placas, achamos a rua. Lá passamos um tempão olhando barraquinhas, vendo preços e as meninas foram numa loja de roupas tentar achar alguma coisa. Os alemães também acharam um quiosque que vendia um cachorro quente da Alemanha, aliás, tudo lá era alemão. Até a moça que serviu eles! Os intercambistas e ela bateram um papo e eu tava tipo "hum.....ok". Depois, fomos para a "praça" que tinha na rua de cima, onde olhamos mais barraquinhas.

Eu me senti outra pessoa fazendo compras lá! haha É realmente um free market, porque é quase você que escolhe o preço que quer pagar. A primeira pergunta que jogam quando você tá olhando alguma coisa é "Quanto você quer pagar?!" ou, depois que você pergunta o preço "Mas dá pra abaixar esse preço pra você".

Então eu comecei a pegar a manha dos vendedores e a pechinchar mesmo! E olha que não sou disso... Se o cara falava que não dava pra fazer aquele preço, ou eu falava que tinha achado outra barraca com preço menor ou que não ia levar. Tava até conversando com os 'tios' de lá! haha Isso é muito a cara do meu irmão...

Meu dinheiro da carteira tinha acabado e fomos até o banco da esquina para tirar dinheiro. O caixa eletrônico de lá demorou um pouco pra mandar o cash pra fora e eu já estranhei. Estava xingando até não poder mais, até quando a máquina falou "retire seu cartão" e o dinheiro veio são e salvo.

Voltamos para as barracas para terminar as compras que tinham ficado pendentes. Eu tinha até dado aperto de mão prometendo que ia voltar comprar dois enfeites numa barraca. Feito isso, fomos achar um lugar para almoçar.

Decidimos comer no Spur. Sentamos na sacada que tinha vista pra avenida logo embaixo.

Depois do almoço, andamos pelas ruas, fomos em loja de roupas, mais algumas barracas e voltamos para a estação. Paramos no MC Donald's onde tomamos milk shake. Comprei meu ticket de volta e fomos achar nossa plataforma para voltar.

Estavámos discutindo para ver qual era a plataforma certa, mas eu falei que qualquer um dos trens eram certos, porque o que mudava era o nome e não a rota... Acabamos entrando no trem que estava parado - e lotado - e ficamos esperando partir.

Quando o negócio começou a andar, olhamos um na cara do outro e realmente não sabíamos se estávamos ou não no trem certo. Fomos conferindo o nome das estações conforme o trem ia parando e percebemos que estávamos sim no lugar certo.

Minha estação chegou antes do que a dos outros, nos despedimos e ficamos de marcar alguma coisa para o próximo dia (que foi subir o Elephant Eye, mas eu nem quis ir).

Foi bem legal sair pelo centro da cidade, quero de novo! A única bad foi que acabei gastando um pouco demais, mas agora todos (quase todos) presentes estão comprados :)

2 comentários:

  1. Adoro seus textos de intercâmbio escreve sozinho ou tem alguma ajuda?

    ResponderExcluir
  2. Que legal você está viajando com ajuda de alguna agência de intercâmbio ou por conta própria?

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...