14 maio 2012

Funeral e Great-grandfather

Sábado retrasado (05/05/2012), eu e minha host family fomos ao funeral de uma tia da minha host mom. Só lembro que o segundo nome dela era Elizabeth e que ela faleceu na segunda-feira passada por conta de problemas no coração.

Acordamos cedinho e fomos para uma igreja não muito longe. No caminho, meus host parents estavam falando de roupas apropriadas para tal ocasião e meu host dad falou “O Jarrod queria colocar um camiseta verde, mas eu falei que era para ele colocar a outra e deixar essa para outro dia”. Eu só abaixei minha cabeça e lembrei que estava trajando uma camiseta verde e uma blusa vermelha e falei “Ops, acho que não estou com as roupas corretas” e minha host mom olhou e falou “Não, não! Relaxa! O importante é a gente ir e demonstrar nosso respeito”. Me senti desconfortável com as minhas roupas.

Chegamos na Igreja, encontramos os meus avós e fomos entrar. Logo na entrada estava o caixão só com a janelinha da cabeça aberta. Era um hall pequenininho, mas desviando de tudo e todos, entramos.

A igreja estava lotada, tinha muita gente mesmo. As cadeiras estavam todas lotadas e depois providenciaram cadeiras extras para o pessoal do fundo. O coral parou de repassar os cantos e um cara – que chamam de reverendo – chegou.

Trouxeram o caixão para frente do altar e o reverendo leu passagens da bíblia. Depois duas pessoas fizeram homenagens, um homem cantou e uma mulher dançou ao lado do caixão (?). O reverendo falou mais um bom tanto – nessa hora eu consegui sentar – e avisou onde seria o enterro.

Saímos da igreja, meus pais falaram um pouco com os familiares e seguimos de carro para o cemitério. Ficava a um pulinho da igreja.

Os cemitérios daqui são muito feios. As pessoas são colocadas no chão sem organização nenhuma, onde tem espaço. Para sinalizar alguns colocam cruzes e a minoria, placas de mármore. Lá dentro havia bosques e dentro de cada um deles ficam as sepulturas.

O caixão foi colocado em um elevador que as poucos foi descendo-o até o fundo. O reverendo leu mais alguns trechos da bíblia e outro homem chamou os familiares para que eles pudessem jogar rosas dentro da cova.

Esse foi o primeiro enterro – na terra – que eu vi. Nessa hora foi muito triste mesmo. A gente percebe que a vida daquela mulher acabou ali, naquele buraco. Aos poucos as pessoas iam colocando terra na cova e revezando as pás com os homens que trabalhavam para o cemitério.

Durante toda a missa e toda o enterro teve um homem filmando e outro fotografando. Fotos e filmagens são para relembrar momentos bons, não?

Na volta para casa minha host family parou para almoçar no ‘Wimpy’. Eu não comi nada porque não estava sentindo meu estômago legal. Depois de muita insistência deles, acabei só tomando um refrigerante.

Durante toda a tarde e a noite eu passei muito mal. Depois de me darem alguns remédios, minha host family foi jantar na casa da minha avó. Eu fiquei em casa e fui dormir cedo... À noite eu acordei várias vezes.

No domingo (06/05/2012) eu acordei melhorzinho e fomos à festa de 90 anos do meu bisavô. Eu imaginava que seria uma festa normal, como sempre dão aqui. Mas nesse dia foi decorado e alugado um salão só para a festa.


As mesas eram divididas por números e eu fiquei na 8, a mesa das crianças (Olha meu tamanhinho para ficar em mesa de criança). As mesas eram decoradas com tons de azul e branco.


A música ao vivo do saxofone e do teclado parou e depois de orações, discursos e dos parabéns, nos servimos em uma mesa com salgadinhos e doces. Enquanto o pessoal comia, algumas fotos antigas eram exibidas no meio do salão em uma das paredes.

Na hora em que eu fui me servir, encontrei minha avó na fila e ela me apresentou para um monte de tias. Ela falou “Esse é meu neto do Brasil” aí as mulheres ficaram com uma cara de 'não estou entendendo como ele é seu neto e é nascido no Brasil', até que minha avó explicou que eu sou intercambista e tal...

Host great-grandfather and great-grandmother
Todos tiraram uma foto com o velhinho e começaram a voltar para casa. Fomos os últimos a ir embora, quando o salão já estava sendo arrumado pela equipe de garçons. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...